Resenha – O Mestre dos Abraços

Você já parou para pensar no quanto as nossas experiências da infância e da juventude e nossa relação com aqueles com os quais convivemos de forma mais intensa, especialmente os que nos criaram, podem influenciar nas nossas decisões, na nossa personalidade e até mesmo na vida de outras pessoas? Em O Mestre dos Abraços, Celso Traub relembra episódios de sua vida, impregnados pela relação complexa com a família, enquanto nos conta sobre alguns casos que passaram pelo seu consultório de terapia. O livro, que marca a estreia do autor, foi editado pela Batel e lançado esse ano (2020). Meu exemplar foi adquirido através da parceria com a agência Oasys Cultural, a qual agradeço a confiança e o carinho de sempre!

Adquira O Mestre dos Abraços

Em uma narrativa não linear, Celso Traub conta passagens emblemáticas de sua vida, como se estivéssemos conversando naqueles almoços ou jantares cheios de boas histórias. O autor perdeu seu pai ainda muito jovem, mas sua presença se fez notar ao longo de toda a sua jornada, por sua alegria e generosidade, que deixaram marcas profundas na personalidade do filho, influenciando até mesmo a escolha de sua profissão, que se tornou terapeuta, como forma de distribuir ao mundo um pouco do aconchego aprendido.

São mais do que nomes. São vidas, vozes abafadas que me procuram.

p.44

Por outro lado, o convívio com a mãe e os irmãos fora bastante complicada, com muitos atritos e até certa negligência emocional, o que também lhe serviu como aprendizado a ser colocado em prática na vida adulta, mas, ainda assim, deixando cicatrizes que conseguimos vislumbrar por entre as páginas.

Intercalados com os capítulos da vida de Celso, estão alguns dos casos que o autor atendeu em seu consultório, assemelhando-se a contos, e todos escritos com liberdade ficcional, segundo ele mesmo, para preservar a privacidade e o anonimato de seus pacientes. Nesses momentos, podemos observar o terapeuta em ação, usando de sua experiência de vida para compreender e melhor auxiliar aqueles que passam por sua sala.

Perder é sempre doloroso, mas perder em vida é ainda pior.

p. 84

A narrativa durante todo o livro é fluida e tranquila, mas o aspecto que mais prendeu a minha atenção foi o quanto conseguimos nos identificar com as personagens dos livros que passaram pelo consultório de Celso! Suas angústias, suas dores, seus problemas, são todos muito reais e fáceis de serem encontrados em nossas próprias vidas.

Assim como as questões pessoais apresentadas pelo próprio autor! Fica claro o quanto as pessoas com as quais convivemos tem papel fundamental em nossas vidas, especialmente aquelas que estiveram mais presentes durante a infância. São essas experiências que influenciam com mais força nossa personalidade e mesmo os rumos que tomamos em nossas vidas.

Moça abraçando o livro O Mestre dos Abraços. A cabeça e o corpo da cintura para baixo estão fora da imagem.

O Mestre dos Abraços, embora cumpra um papel como biografia do autor, deixa uma mensagem clara do quanto é importante que busquemos o autoconhecimento, para que possamos escolher melhor o que nos influenciará.

E aproveitando a temática do livro, gostaria de lembrar que, se você estiver passando por algum problema emocional de qualquer tipo, busque ajuda especializada! As universidades costumam oferecer atendimento psicológico gratuito à comunidade e o CVV também tem serviço gratuito 24h.

Adquira O Mestre dos Abraços

Se você se interessou por O Mestre dos Abraços, compre seu exemplar pelo meu link de associada Amazon! Você apoia meu trabalho sem pagar nada a mais pelo produto, colaborando para mais produção de conteúdo gratuito como esse!

2 comentários em “Resenha – O Mestre dos Abraços

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: