Resenha – Enterre Seus Mortos

Acredito que já tenha virado rotina eu ler e resenhar livros incômodos e desoladores. Talvez esse seja meu tipo de livro. Costumo dizer que, se acabou comigo, eu recomendo! É o caso de Enterre Seus Mortos, livro de Ana Paula Maia, lançado em 2018 pela Companhia das Letras, indicado ao Prêmio Jabuti de Romance Literário e que me deixou no chão. Minha cópia digital foi recebida em parceria com a editora, através da plataforma NetGalley. (Papo Literário integra o Time de Leitores 2020).

Adquira Enterre Seus Mortos na Amazon

Edgar Wilson e Tomás trabalham com resgate de animais mortos, atendendo a ocorrências nas estradas e, por vezes, em propriedades privadas e nas matas. É um trabalho que poucos se sentiriam inclinados a realizar, especialmente quando eles chegam na central e iniciam os procedimentos de, digamos, descarte dos corpos, mas os dois parecem confortáveis em lidar com assuntos ligados à morte e à decadência orgânica.

É bonito o voo dos abutres. Alguns possuem envergadura maior que a dos demais; arremetem ora em zigue-zague, ora em linha reta, sem colidir.

Em sua jornada de trabalho, os dois amigos encontram dois cadáveres humanos na mata e, como a polícia não tem condição de buscar os corpos, por escassez de recursos e precariedade do sistema, eles acabam se tornando uma espécie de guardiões desses corpos, prezando por um último momento de dignidade daquelas pessoas, se é que isso seria possível no ambiente inóspito em que a história toda se passa.

A atmosfera é bastante tensa e desoladora, transmitindo uma constante sensação de abandono. A vida onde a história se ambienta aparenta bastante miserável (embora a situação econômica nunca seja exposta), onde tudo parece faltar e ninguém realmente se importa, como se fosse um padrão, é assim mesmo, vida que segue.

E eu tenho certeza de que nada nem ninguém me escuta. Deus ou o diabo, parece que nenhum dos dois está mais aqui.

A religiosidade é uma constante na história, uma espécie de presença contraditória, um bem que ao mesmo tempo é um mal. Ou um mal que faz bem. É motivo de brigas, o fanatismo impera e, assim mesmo, parece ser a única coisa em que as pessoas podem se apegar, como se apenas uma força maior que elas fosse capaz de lhes dar a esperança necessária para continuar. Ainda assim, a sensação que reina o tempo todo é que elas se apegam a uma deidade que já as abandonou há muito tempo.

Outra coisa que me chamou profundamente a atenção foi a podridão do “negócio da morte”, algumas vezes relacionada aos animais e outras aos seres humanos. Com relação aos primeiros, muitas vezes me peguei não vendo nada de mais. Porém, ao chegar aos últimos, me observei em crise, sem saber exatamente onde estarão as barreiras entre o animal e o humano e se realmente há coisas passíveis de serem feitas a uns e não a outros.

No horizonte delimitado pelas montanhas, uma linha brilhante reflete a luz do sol, dando a impressão de que céu e terra estão se partindo em dois.

Com tudo isso, ainda existe um senso de dignidade, ao menos nas personagens principais do livro, que chega a ser surpreendente. Pessoas simples, comuns, e que fazem as coisas não porque querem um lugar no céu, ou sair nos jornais, ou para serem amadas, mas porque acreditam que seja o certo.

Se fosse possível resumir as sensações que o livro traz em uma palavra, eu escolheria “deserto”. Um deserto na alma, uma vida deserta, em que para qualquer lado que se olhe, há apenas a aridez, a secura, mas continua-se caminhando, na expectativa de encontrar um oásis, que, por vezes, aparece como miragem no horizonte.

Kindle com a capa do livro Enterre Seus Mortos no centro da foto. Há folhas secas espalhadas por toda a imagem, em torno do Kindle.

Eu terminei a leitura de Enterre Seus Mortos em completo desalento. É um livro que nos faz pensar na condição humana, na vida e na morte e até mesmo em assuntos metafísicos, como a religiosidade e o sobrenatural. Um livro arrebatador, que me destruiu e cuja leitura eu recomendo demais!

Adquira Enterre Seus Mortos na Amazon

Se você se interessou por Enterre Seus Mortos, adquira seu exemplar com meu link na Amazon! Você não paga nada a mais pelo seu livro e ainda apoia meu trabalho, colaborando para mais produção de conteúdos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: