Melhores do ano 2020

O ano de 2020 está acabando finalmente e eu sempre gosto de listar os 5 melhores livros que eu encontrei durante os 12 meses que passaram. Só que esse ano a disputa está absurdamente difícil, porque, além de eu ter lido muito mais em quantidade, também tive a oportunidade de encontrar histórias incríveis.

Depois de muito bater a cabeça e muito coração partido, cheguei a singela lista abaixo:

5º lugar: Brava Serena

Esse é um livro que fala de dor, perda, sonhos e vida. Talvez seja um dos livros mais completos que eu li esse ano! Com ele, pude viajar pela Itália e conhecer as peculiaridades que acompanham as pessoas quando envelhecem. E Eduardo Krause foi um autor que me conquistou com sua escrita envolvente, dinâmica e deliciosa! (resenha aqui)

4º lugar: A Vida Invisível de Eurídice Gusmão

Eu já queria ler essa obra há bastante tempo e aproveitei o audiobook que ficou disponível pelo podcast da Companhia das Letras para conhecer a história (comentei sobre a experiência aqui). Eu consideraria essa uma leitura obrigatória, que ao falar de Eurídice, fala de todas as mulheres que cruzaram seu caminho e de todas nós que estamos do outro lado das páginas.

3º lugar: O Hobbit

Eu adoro um clássico, amo fantasia e estou em dívida com esse gênero, admito! O Hobbit é arrebatador, envolvente e maravilhoso! Tolkien cria um universo encantador, com criaturas intrigantes e histórias curiosas. Mas o que mais me chamou a atenção foi a escrita musical, que contribui para a atmosfera mágica da trama. (Breve Papo sobre ele aqui)

2º lugar: As Alegrias da Maternidade

Um livro extremamente doloroso e necessário, que toca em assuntos atuais e complexos, como o colonialismo, o racismo e a pressão social sobre a vida e o corpo feminino. Tive todo o tipo de sensação com essa leitura: revolta, angústia, dúvida… Permanecerei panfletando esse livro por muito tempo! (resenha aqui)

1º lugar: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo

Foi difícil escolher entre As Alegrias da Maternidade e Os Sete Maridos de Evelyn Hugo, mas acabei optando por dar a medalha de ouro ao último por duas razões: foi o livro que mais me surpreendeu esse ano e tem uma gama absurdamente grande de assuntos trabalhados maravilhosamente aqui. Por ser um best-seller com nome e plot de celebridade, achei que seria mais um romance água com açúcar e me vi envolvida em uma história complexa e envolvente, abordando machismo, misoginia, xenofobia, LGBTQfobia e tantos problemas atuais que até fiquei tonta. Ah sim! Esse também foi o responsável por me manter acordada até altas horas da madrugada por dias seguidos. (resenha aqui)

Qual foi a sua melhor leitura de 2020?

E se você quer apoiar meu trabalho para que eu possa continuar trazendo conteúdos do universo literário, compre com meu link da Amazon! Os produtos não tem nenhum tipo de acréscimo em seu valor e você ainda me ajuda com uma pequena comissão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: