Resenha – O Impulso

No final de 2020, os parceiros da editora Companhia das Letras foram convidados para um evento online sobre um livro que prometia arrebatar milhares de leitores ao redor do mundo. Ficamos todos muito empolgados com a conversa e ainda mais felizes ao descobrirmos que receberíamos uma cópia antecipada para conhecer a obra. E que obra, senhores! Apresento agora a vocês, O Impulso, livro de estreia de Ashley Audrain, editado no Brasil pelo selo Paralela e possivelmente o grande lançamento do ano!

Adquira O Impulso na Amazon

Blythe é uma mulher que, apesar de ter uma história familiar bastante complicada, anseia pela maternidade, talvez como uma forma de redenção, a tão falada felicidade finalmente alcançada. Porém, as coisas são mais complicadas do que parecem e, quando sua filha Violet nasce, ela começa a duvidar de suas capacidades e até mesmo de sua sanidade, conforme eventos inesperados acontecem. Sua história é intercalada com capítulos que contam suas memórias de infância e os acontecimentos da vida de sua mãe, abarcando o relacionamento “mãe e filha” de quatro gerações.

Não sorrimos, só reconhecemos que ambas tínhamos nos transformado em uma versão de nós mesmas que não parecia tão boa quanto o prometido.

Este não é um livro fácil. O primeiro capítulo já causa impacto e as coisas apenas ficam mais intensas a cada página. A narrativa em tom confessional, com Blythe contando sua versão dos fatos, nos torna mais próximos da protagonista, partilhando de suas angústias e nos emocionando a cada evento novo. Os problemas familiares ficam nítidos desde o início e dão a impressão de que são, de certa forma, herdados pelas mulheres. Porém, ao ler as impressões que Blythe guardava das outras mulheres como mães perfeitas, me questionava se não seriam apenas fantasias que se desfariam em uma investigação mais profunda de suas vidas.

O ponto alto do livro, para mim, é a forma como o marido de Blythe reage às preocupações e aos problemas da esposa. A aflição constante pela qual ela passa e a incompreensão de seu sofrimento apenas reforçam a invisibilização das mulheres e o desprezo por seus sentimentos quando fogem do padrão idealizado e exigido. A mulher nada vale na sociedade, estando à mercê do julgamento alheio e servindo apenas para o cumprimento dos papeis que lhe são impostos.

“É tudo coisa da sua cabeça”, você me dizia sempre que eu tocava no assunto. ” Você criou essa história sobre vocês duas e não consegue esquecer.”

Chegou em um ponto da narrativa que tudo o que eu queria era abraçar Blythe! A solidão e o desespero de sua vida pareciam cada vez mais uma armadilha da qual seria impossível se livrar. Mentiras, distorções dos fatos e omissões construíram o ambiente perfeito para que a protagonista duvidasse da própria sanidade. A prova de que a invalidação de sentimentos é poderosa e contagiosa, aliás, se dá quando nós passamos a duvidar do que Blythe conta e, não sem certo sentimento de culpa, nos questionamos se não estaria tudo mesmo em sua cabeça.

O Impulso é um livro viciante, porém forte e que pode apresentar diversos gatilhos. Por trazer temas como casamento e maternidade, determinadas cenas tratam de temas sensíveis, como relacionamento abusivo e acidentes com crianças pequenas.

Carol segurando o livro O Impulso envolto em uma manta, como se fosse o livro fosse um bebê de colo.

Por fim, acredito que o maior mérito do livro seja nos lembrar de ouvir mais as mulheres, não invalidar seus sentimentos e parar de idealizar a maternidade, esperando que todas as mulheres sejam a Virgem Maria e suas crianças uns anjinhos. Deixe o café do lado: O Impulso promete te deixar acordado por noites a fio.

Adquira O Impulso na Amazon

Se você se interessou por O Impulso, adquira seu exemplar através do meu link de associada Amazon. Você não paga nada a mais pelo seu produto e me ajuda a manter meu trabalho com esse cantinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: