A Caminho da Luz – A origem da Terra

Olá pessoal!

Iniciamos hoje as postagens do blog, e vamos começar logo com o pé direito!

O livro que vamos começar a discutir é A Caminho da Luz, escrito pelo espírito Emmanuel, através da psicografia de Francisco Cândido Xavier, o Chico Xavier. (Adquira seu exemplar pela Amazon ou Livraria da Travessa).

Este livro foi publicado pela primeira vez em 1939. Isso é muito importante para nos situarmos no momento histórico em que os acontecimentos se dão.

capa-livro-a-caminho-da-luz

(Capinha antiga e charmosa!!)

Adquira A Caminho da Luz

O livro trata da jornada que todos fazemos a caminho da luz. Traz informações desde o início da formação do planeta Terra, passando pelas civilizações que o mundo já abrigou, culminando nas promessas de um mundo melhor. Como é bastante coisa, vamos comentar o livro por partes.

 O livro começa falando sobre uma Comunidade de Espíritos Puros, da qual aquele que viríamos a conhecer por Jesus faz parte. Isso nos lembra que o Universo é muito mais antigo do que a nossa Terra.

No Livro dos Espíritos (publicado  em 1857), Capítulo 3 (Criação), Allan Kardec comenta que “o Universo compreende a infinidade dos planetas que vemos e aqueles que não vemos, todos os seres animados e inanimados, todos os astros que se movem no espaço, assim como os fluidos que o enchem.” No mesmo capítulo, somos informados pelos espíritos que os mundos se formam através da condensação da matéria disseminada pelo espaço.

Hoje em dia, a teoria mais aceita para a formação do Universo é a chamada Teoria do Big Bang, ou da Grande Explosão, em que, no início de tudo, haveria apenas um ponto infinitamente pequeno e denso, onde se concentrava toda a massa do Universo. Não existia nem tempo, nem espaço. Esse ponto, os cientistas chamam singularidade. Essa singularidade teria entrado em colapso e explodiu. Desse explosão teria surgido o Universo e tudo o que o compõe, sendo primeiro a matéria dispersa, que foi se juntando e condensando para formar o que vemos (e não vemos) hoje.

Essa teoria foi anunciada em 1948, pelo cientista russo, naturalizado norte-americano, George Gamow (1904-1968) e pelo padre e astrônomo belga Georges Lemaître (1894-1966). A teoria se apoia nos estudos de  Edwin Hubble (1889-1953) e Milton Humason (1891-1972) e na teoria da relatividade de Albert Einstein (1879-1955).

O Big Bang teria ocorrido há cerca de 14 bilhões de anos. A nossa bolinha azul teria se formado há 4,5 bilhões de anos aproximadamente. Essa é a idade da rocha mais antiga conhecida da superfície da Terra. Bom, essas datas são estimativas, não sabemos realmente se o Universo tem essa idade ou se é ainda mais antigo que isso. De qualquer forma, a Terra é muito mais nova que o Universo em si.

Voltando a questão da Comunidade de Espíritos Puros, a Terra não estava formada ainda e Jesus já era um Cristo. Ou seja, ele teria evoluído em outros mundos, que provavelmente nem existem mais. Essa Comunidade estava reunida justamente para tratar da formação do novo planeta, o qual chamamos de lar. Ou seja, até Jesus trabalha em equipe, estamos aqui para evoluirmos usando a socialização. Interessante, não?

Em algumas palestras e seminários do Haroldo Dutra Dias, renomado palestrante espírita e estudioso da cultura judaica, podemos colher algumas informações muito interessantes acerca do Gênesis, primeiro livro do Antigo Testamento, que são pertinentes ao assunto. No livro do Gênesis, na formação do planeta, está escrita a palavra ‘Elohim’, que seria Deus no plural. Mas se Deus é um só, como seria isso? Diz-nos Haroldo Dutra, que esta seria uma referência a Comunidade de Espíritos Puros da qual Jesus faz parte. Também existe na cultura judaica referências a Metatrom, palavra que designaria os co-criadores, ou seja, espíritos capacitados a colaborar com Deus na criação.

No início, então, a Terra teria sido utilizada como um laboratório divino. A Terra teria se condensado a partir da matéria que estava dispersa, girando em torno do Sol, e se tornado uma grande esfera incandescente. Segundo Emmanuel, a temperatura da Terra teria chegado a incríveis 2000°C!  Havia muitas descargas elétricas e tempestades, como jamais foi visto por nenhum povo.

Sobre a formação da Lua, o benfeitor Emmanuel diz que esta serviria de âncora nos movimentos de translação da Terra (a volta em torno do Sol) e influenciaria diretamente a vida na Terra, como podemos perceber hoje, nas marés, na iluminação da noite e nos ciclos de reprodução dos animais. Porém, cientistas falam a respeito de que a formação da Lua teria se dado a partir de um outro globo, denominado Theia, que teria colidido com a Terra Este globo teria o tamanho aproximado do planeta Marte e o choque teria sido tão grande que parte da massa que já formava a Terra e Theia teria sido lançada ao espaço, formando a nossa Lua.

A Terra se resfria e ocorre a formação da crosta, solidificando-se os metais presentes na composição do planeta. Ocorre a formação dos oceanos… com que água? A teoria mais aceita hoje da origem da água do planeta Terra é a de que a água teria vindo em cometas para cá. Naquele período, a Terra era constantemente bombardeada por meteoritos, asteroides e cometas, pois tudo o que conhecemos hoje no Sistema Solar estava ainda em formação. Junto com esses corpos celestes, teriam vindo a água do planeta, na forma sólida, entre as rochas desses corpos celestes.

O planeta começa, então, a “acalmar-se”. Emmanuel nos informa sobre a presença de um material viscoso, que cobria toda a Terra. Com esse material, teria nascido o que o beneitor chama de protoplasma. Esse termo já havia sido utilizado no Livro dos Espíritos, em 1857, e designaria algo como “princípio de vida”. O termo pode ser correlacionado com outro, conhecido da Biologia, chamado Sopa Primordial.

A Sopa Primordial, ou Caldo Primordial, é uma mistura de compostos orgânicos, que teriam dado origem a vida na Terra. Os elementos presentes na Terra teriam sido combinados, através da ação de descargas elétricas ou calor, em aminoácidos, moléculas presentes em todos os organismos vivos. Esses aminoácidos teriam se combinado depois e formado os primeiros organismos vivos. Essa teoria foi anunciada em 1924, por um biólogo soviético, chamado Alexandr Oparin (1894-1980).

Assim, deu-se início a saga dos seres viventes na bolinha azul. No próximo post, falaremos um pouquinho mais sobre a vida na superfície da Terra. Deixe seu comentario, quero saber sua opinião! Até a próxima!

Adquira A Caminho da Luz

Adquira as obras relacionadas pelos links:

Para saber mais:

16 comentários em “A Caminho da Luz – A origem da Terra

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: