Nosso Lar

Oi pessoal!

Depois de algum tempo afastada, cá estou para retomar as postagens. E vamos retomar com tudo, com um papo sobre o primeiro livro da série A Vida no Mundo Espiritual, de autoria de André Luiz, pelo médium Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier (você pode adquiri-lo na Amazon).

Adquira Nosso Lar

Nesta postagem, falaremos sobre a obra como um todo, mas, em breve, faremos um estudo mais detalhado da obra, semelhante ao que foi feito com o livro A Caminho da Luz. Isso se deve à proposta de um novo grupo de estudos do qual estou participando, que se reúne uma vez por mês para discutir a obra. Darei mais detalhes na primeira postagem do estudo.

Vamos a obra!

Resenha - Nosso Lar

Publicado pela primeira vez em 1944, o livro Nosso Lar, composto por 50 capítulos, é a estreia de um dos autores mais amados dentro do espiritismo, André Luiz, e já possui diversas edições publicadas, sendo a mais recente pela FEB editora (Federação Espírita Brasileira).

Ao chegar no mundo espiritual, ainda sem perceber seu desencarne, André Luiz se vê em um lugar de sombras e bastante desagradável, ouvindo acusações de que seria ele um suicida. Após alguns anos de sofrimento na região que conhecemos pela alcunha de umbral, André Luiz é resgatado pelos benfeitores de uma colônia espiritual, onde é acolhido, colônia esta que conheceremos pelo nome de Nosso Lar.

A partir de então, o autor passa a nos relatar todas as surpresas, todas as lições, todas as belezas e percalços pelos quais passa, até o momento em que conquista o título de cidadão desta cidade espiritual. Com ele aprendemos sobre temas como o suicídio inconsciente, o poder do amor de uma mãe, as responsabilidades que adquirimos perante aqueles que prejudicamos e aqueles que nos prejudicaram e não conseguimos perdoar.

André Luiz se mostra, na obra, um mero aprendiz. Enquanto encarnado, teria sido médico respeitado, embora nunca tenha ficado claro se poderia ser figura publicamente reconhecida (assunto que trataremos em outra postagem). Porém, ao chegar no mundo espiritual, precisa reaprender como tratar da saúde, já que lhe faltam os conhecimentos da parte espiritual do ser, essencial para sua nova fase. Assim, principia limpando o chão e as emanações doentias daqueles irmãos enfermos, resgatados para tratamento em Nosso Lar, como ele mesmo havia um dia sido socorrido.

Durante a narrativa, ficamos conhecendo mais a cidade espiritual, situada acima da cidade do Rio de Janeiro, com construções e sistemas de funcionamento que poderiam lembrar os descritos em livros e filmes de ficção científica, já que se mostram mais avançados do que aquilo que teríamos na Terra quando o livro foi publicado.

Com os amigos espirituais, sentimos as aflições do início da Segunda Guerra Mundial, cujas consequências espirituais nos são mostradas na obra.

Acompanhamos André em sua saudade da família, assunto recorrente em obras espíritas que tratam de recém-desencarnados, e também em sua reconciliação com desafetos e pessoas outrora prejudicadas por ele e familiares.

Nosso Lar é um marco na literatura espírita, por ser o primeiro livro a narrar com tantos detalhes a vida fluindo no mundo espiritual. Porém, também é um livro que nos faz pensar em nossas próprias vidas, em nossas próprias atitudes. Estaremos preparados para a grande viagem? O que nos espera do outro lado? Precisaremos passar, como André, pelos sofrimentos reparadores do umbral? Quais preconceitos ainda precisamos deixar de lado? Encontraremos aqueles que prejudicamos? Não seria melhor nos reconciliarmos agora? Estaremos levando mágoas conosco? Quais as bagagens que levaremos e qual o legado que deixaremos?

O livro é sempre melhor que o filme?

Nosso Lar foi adaptado para o cinema, como muitos de vocês já devem saber. Eu gostei muito da adaptação e entendo a importância que teve e tem para a divulgação do espiritismo e das obras de André Luiz, mas gostaria de chamar a atenção para um detalhe: vocês perceberam que utilizei, de dois momentos, o conceito de adaptação?

Quando um livro é adaptado para o cinema, muita coisa é cortada e muita coisa é modificada, principalmente quando se trata de enredos complexos, como é o caso de Nosso Lar. É preciso lembrar que há um limite de tempo e recursos que podem ser gastos com a produção, o que faz com que a equipe responsável opte por determinadas modificações, já que nem tudo pode ser feito e é necessário priorizar o que se considera mais importante de ser passado para o público. Assim é que teremos algumas cenas bastante alteradas, alguns detalhes excluídos e outros acrescentados, pelo bem da narrativa. Entre as várias adaptações, gostaria de citar 3:

  1. Um médico varrendo o chão: Este é um caso de adaptação. A cena existe no livro, mas de outra forma. Enquanto no filme temos um André Luiz um tanto soberbo impelido a varrer o chão das câmaras de retificação por solicitação de outra pessoa, no livro é o próprio André que busca essa tarefa, pois se sente na obrigação de ajudar, mas se sabe incapaz, naquele momento, de cumprir alguma tarefa médica. Imagino que a adaptação da cena deva-se, em parte, pelo tempo que levaria para manter a cena original, já que há circunstâncias específicas que levam André a agir de tal maneira, e teria que ser despendido algum tempo para que a cena fizesse sentido.
  2. A mulher que ora por André: Muito bonito e significativo, mas é algo que pertence apenas ao cinema. O filme mostra que apenas uma pessoa foi capaz de orar por André, auxiliando em seu resgate do umbral: uma mulher que foi atendida com certo desprezo pelo médico, enquanto encarnado, pois não poderia pagar por um tratamento para seu marido. No livro, essa pessoa não existe. Por que ela teria sido adicionada? Possivelmente para mostrar a mudança de André nesta nova condição.
  3. Emmanuel: Sabemos que Emmanuel é o espírito que conduziu a mediunidade de Chico Xavier, sendo co-responsável por toda a obra deste grande médium. Dessa forma, uma maneira de homenageá-lo seria colocá-lo na trama. No livro, Emmanuel apenas aparece na mensagem inicial de apresentação do novo autor espiritual.

Para você, car@ amig@, que ficou com vontade de ler (ou reler) está obra, além das diversas edições lindas que podem ser encontradas em livrarias e sebos, existem várias versões em pdf e também audiobook da obra. Além disso, recomendo assistir o vídeo feito pela FEBtv e disponível no YouTube do programa Livros que iluminam, cujo link lhe encaminhará para o vídeo referente a Nosso Lar.

Adquira Nosso Lar

Espero que tenham gostado e nos encontramos na próxima postagem. Deixe seu comentário, adoraria saber o que você achou, se tem sugestões ou críticas ou o que mais quiser comentar.

Até breve!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: