O Pequeno Médium

Allan Kardec diz que todos somos médiuns em algum nível, seja apenas na intuição e na inspiração, seja na comunicação mais ostensiva com os espíritos. Algumas pessoas passam a vida sem saber ao certo em que momento se comunicam com a espiritualidade, além de suas orações, outras, conseguem ver os desencarnados da mesma forma que os encarnados. No romance O Pequeno Médium, publicado pela editora Benvirá, em 2017, com primeira edição em 139 páginas, o espírito Basílio, através da mediunidade de José Roberto de Carvalho, conta a história de um menino de apenas 12 anos que apresenta uma mediunidade ostensiva e que precisa utilizá-la para ajudar na solução de um mistério no vilarejo onde mora. (Adquirindo seu exemplar pelo nosso link na Amazon ou na Livraria da Travessa, você ajuda nosso blog a crescer!)

Adquira O Pequeno Médium

Davi é um morador de um vilarejo que fica às margens do rio Juás, no estado de São Paulo, órfão e criado por uma avó extremamente amorosa. O menino, apesar de seus 12 anos, apresenta uma maturidade muito além de sua pouca idade, o que o torna bastante introspectivo e deixando os outros meninos afastados deles, por não entenderem sua personalidade. Davi percebe que consegue ver e ouvir pessoas que outros não veem nem ouvem, deixando a avó preocupada, por não entenderem muito bem tudo aquilo. Porém, um mistério na região logo deixa a todos em polvorosa e o menino se vê em condições de ajudar na solução com sua característica própria.

PequenoMedium4.JPG

São vários os temas abordados no romance, todos eles bastante comuns na vida dos espíritas, em especial os de primeira viagem: a avó do menino, bastante católica, procura o padre da cidade para ajudá-lo e ouve que seu neto está sendo visitado pelo demônio, que lhe quer roubar a alma. Claro que isso provoca grande temor na família, levando mais tempo para Davi poder lidar com sua mediunidade. Em certo momento do romance, aparecem os seguidores da Doutrina Espírita, onde personagens e leitores são esclarecidos sobre a situação de Davi, mas, ainda assim, o menino enfrenta o ceticismo de algumas pessoas da comunidade com relação a sua capacidade de se comunicar com os desencarnados. Além disso, são apresentados ao leitor alguns dramas envolvendo os personagens em suas encarnações anteriores, mostrando as consequências que atos maldosos e impensados podem ter em vidas posteriores.

A narrativa é simples, fazendo com que a leitura tenha bastante fluência. Esse é um daqueles livros que se consegue ler em uma tarde, portanto, prepare seu chá e coloque alguns biscoitos ou pães de queijo para acompanhar a leitura. É uma obra bastante didática, que trata com clareza de alguns tópicos muito importantes do Espiritismo e é aconselhável principalmente ao público mais jovem ou iniciante na Doutrina.

Adquira O Pequeno Médium

Boas leituras!

Um comentário em “O Pequeno Médium

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: