Ave, Cristo!

ave-cristo-francisco-candido-xavier-1865267

Quarto romance de Emmanuel, o livro Ave, Cristo! traz a história de Quinto Varro e Taciano, pai e filho. Os romances de Emmanuel sempre trazem muita emoção aos nossos corações. Com Ave, Cristo! não poderia ser diferente! Uma trama complexa e muitas lágrimas esperam o leitor. (Adquira seu exemplar na Amazon ou na Livraria da Travessa)

Adquira Ave, Cristo!

Quinto Varro deseja encaminhar seu filho na tradição cristã, e para isso pede uma nova encarnação ao lado de Taciano, no que é atendido. Na nova encarnação, Varro encontra muitas dificuldades em seu lar por professar a religião cristã, sendo romano. Sua esposa Cíntia, apaixonada por outro homem e cansada das divergências religiosas, deseja criar seu filho Taciano, ainda bebê, sem a influência cristã do pai. O amante de Cíntia trama a morte de Varro, mas este acaba escapando com a ajuda de um antigo amigo de seu pai e passa a viver sob o nome de irmão Corvino, na cidade de Lyon.

Muitos anos se passam e Taciano, sem saber da trama dolorosa envolvendo a suposta morte de seu pai e acreditando serem os cristãos os responsáveis por tal ato, vai morar em Lyon, onde adoece e é socorrido pelo irmão Corvino, Quinto Varro disfarçado. Uma amizade se estabelece entre pai e filho e Varro, tentando trazer o filho para os ensinamentos cristãos, revela sua crença, ao que Taciano se enfurece.

O livro é dividido em duas partes, com 7 capítulos cada. E para quem imagina que o livro é cansativo por ser longo, acredite, o problema é conseguir parar de ler! Se você gostou dos outros romances de Emmanuel que já comentamos por aqui, Há dois mil anos e 50 anos depois, não pode perder esse!

Informaçõezinhas adicionais: Taciano foi uma das encarnações de Arnaldo Rocha, marido da Meimei (Blandina, nesta obra) e amigo pessoal de Chico Xavier (Lívia, neste livro). Aqui, Emmanuel está encarnado como Basílio.

Adquira Ave, Cristo!

Boas leituras!

Links para obras relacionadas:

4 comentários em “Ave, Cristo!

Adicione o seu

  1. Apenas para esclarecer, Lívia não foi uma reencarnação de Chico. Trata-se de uma infeliz invenção de Arnaldo Rocha que já não convivia com Chico fazia muitos anos. Inclusive o próprio Arnaldo Rocha depois de desencarnado se retrata por ter difundido que Chico teve apenas reencarnações femininas através de uma mensagem psicografada, onde ele afirma que Chico e Alan Kardec são o mesmo espírito.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: