Paulo e Estêvão

livro20paulo20e20estevc3a3o

Paulo e Estêvão é o único romance de Emmanuel em que ele próprio não aparece. Conta-se que foi difícil para convencer Paulo de Tarso que sua história fosse contada. É um romance belíssimo e rico em detalhes, contando-nos sobre o cristianismo primitivo e sua beleza. (Adquira seu exemplar na Amazon ou na Livraria da Travessa)

Adquira Paulo e Estêvão

O livro começa com a história dos irmãos judeus Jeziel e Abigail, sendo punidos por um erro de seu pai. O genitor falece e o rapaz é enviado às galeras, enquanto a moça encontra abrigo com um casal também judeu, que a trata como filha. Durante uma viagem nos navios romanos, o jovem Jeziel ajuda um patrício que adoece gravemente e ganha dele ajuda para fugir do destino cruel. Jeziel é acolhido na Casa do Caminho, comandada pelo apóstolo Pedro, onde se torna grande colaborador, tornando-se cristão e trocando seu nome para Estêvão, a fim de proteger a si mesmo e aos companheiros.

Abigail se tornará noiva de Paulo, então ainda Saulo, um jovem aspirante a sacerdote, muito culto e muito rígido. Em uma visita à Casa do Caminho, enfurece-se com a palestra proferida por Estêvão, sem saber que este era o irmão perdido de sua noiva. Inicia grande perseguição aos cristãos, sendo Estêvão sua primeira vítima. No momento do apedrejamento de seu irmão, Abigail o reconhece. Estêvão pode, enfim, reencontrar a irmã e morre em seus braços. Corroído pela dor, Saulo abandona Abigail, afirmando não poder desposar a irmã de uma de suas vítimas.

Algum tempo depois, Saulo procura novamente Abigail, pois percebe que sua felicidade está nas mãos da jovem, mas a encontra gravemente doente e cristã. Com o coração ferido, Abigail havia encontrado conforto nas palavras do Cristo. Após sua morte, Saulo decide buscar aquele cristão que enchera a cabeça da amada com os ensinos do carpinteiro, e é então que, na estrada para Damasco, no meio do deserto, Saulo fica cego por uma grande luz, de onde uma voz muito doce o pergunta “Saulo, Saulo, por que me persegues?”

Começa, assim, uma das mais belas histórias de redenção que a humanidade já viu. O apóstolo dos gentios, o grande divulgador, inicia sua jornada. Ainda bem que Paulo se deixou convencer para que sua história fosse contada, quase dois mil anos depois.

Adquira Paulo e Estêvão

Links para obras relacionadas:

Há dois mil anos:

Amazon – Audiobook, livro físico

Cinquenta anos depois:

Amazon

Ave, Cristo!

Amazon

Renúncia:

Amazon

Paulo e Estêvão:

Amazon

Um comentário em “Paulo e Estêvão

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: